Dólar salta pela 12ª vez seguida, vale R$ 4,65 e bate novo recorde

O dólar voltou a bater recorde histórico nesta quinta-feira (5), chegando a se aproximar de R$ 4,67 no pico do dia, com a moeda brasileira golpeada junto com outros ativos de risco em todo o mundo por persistentes temores relacionados ao coronavírus.

Na sessão, a moeda norte-americana à vista fechou em alta de 1,54%, a R$ 4,651 na venda, nova máxima histórica nominal para um encerramento.

A alta é a 12ª consecutiva. Apenas em março a moeda salta 3,79% e dispara 15,9% no acumulado de 2020. Na B3, o dólar futuro de maior liquidez subia 1,38%, a R$ 4,6555.

A valorização se manteve a despeito de o BC (Banco Central) ter vendido US$ 3 bilhões em contratos de swap cambial tradicional apenas nesta sessão.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com whatsapp
Compartilhe com email
Compartilhe com print

Deixe uma resposta

Fechar Menu