‘Ele está chocado’, diz advogado de Ronaldinho após prisão no Paraguai

O advogado que representa Ronaldinho Gaúcho e Assis no Paraguai, Adolfo Marin, declarou para a rádio “ABC Cardinal” que o ex-jogador abrirá o jogo com o Ministério Público do país. Os irmãos foram presos na noite da última quarta-feira por entrarem em Assunção com passaportes falsificados. O promotor do caso disse mais cedo que os números dos documentos pertenciam a outras pessoas que foram identificadas como duas senhoras do bairro San Felipe.

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com whatsapp
Compartilhe com email
Compartilhe com print

Deixe uma resposta

Fechar Menu